Archive for maio, 2008

ao telefone.

quarta-feira, maio 7th, 2008

Já fazem dois (quase 3) dias, mas ainda sim escuto sua voz
Adoro o som da sua voz no telefone
Deve ser porque assim me falas ao pé do ouvido.

Da fuga

quarta-feira, maio 7th, 2008

Fujo da tua ausência
Evito escutar teu silêncio
Passa o dia e parece que venci.

Até que me deito
E vem você
Invade meus sonhos
E me tem do mesmo jeito
…”

Autor desconhecido.

Estufa, esvazia…

sábado, maio 3rd, 2008

O que me dói mais é te sentir escapar dos meus dedos.
Te ver escorrendo no vão do dia-dia
Me dói o peito mais ainda
Saber que não posso simplesmente fechar a mão
Como é dolorido te ver tão perto
Te ver pousando em mim como borboleta que trás a sorte
E saber que em um instante alçará vôo
O que me consola e me trás um sorriso suave
É te ver sorrir como um menino
E voar alto
Sei que como vais, voltas
E sei que esse aperto torna-se como um pulsar de coração
Estufa
Esvazia
Estufa
Esvazia
Estufa
Esvazia

Ei! Corre aqui! Estufa meu peito que eu mal posso respirar!