Archive for dezembro, 2009

Post clichê

quarta-feira, dezembro 30th, 2009

Toda vez vivemos os mesmos clichês, as mesmas perguntas e as mesmas respostas. É o final do ano chegando, as pessoas saindo pra viajar, quase sempre indo ver fogos na praia e coisa e tal. A mesma promessa de mudança, as metas, e toda uma bebeção desnecessária! For a o branco, todo mundo se purificando com roupas brancas e por baixo colocando calcinha/cueca vermelha pra ter paixões, ou amarelo pra atrair grana!

Eu dispenso tudo isso!!!

Começa que não acredito que alguma coisa muda com o passar da meia-noite, assim como um passe de mágica. Não acredito no tal “Ano Novo” que começa dia 1º de Janeiro. Não, não, não!!!!

Acho muito fantasioso toda essa festança em torno do Ano Novo, acho idiota as pessoas acharem que passar de um ano para o outro é tomar todas, assistir os fogos na praia e ficar acordado até o sol raiar. E que, quando este sol raiar todas as coisas mudarão como um passe de mágica e que todos os problemas serão definitivamente sanados ou simplesmente deixados no ano anterior. Balela!!!

Pra mim o “ano novo” começa todos os dias, todas as horas, a cada segundo! Não é preciso colocar roupa branca, na verdade aprendi com a Marcia Okida que usar branco não é bom! E não preciso acreditar que seja necessário um ano novinho para as coisas virarem, ou pra começar a prática de algo. Na minha opinião, o Ano Novo é AGORA, já!!!

Procuro botar em prática as minhas metas na hora, no dia seguinte no máximo. Independe se é dia 1º de Janeiro ou se é dia 24 de julho. O importante é você estar proposto a amanhecer e traçar um novo rumo dali em diante. Só isso, simples e fácil.

Não consigo entender a forma que as pessoas costumam passar o Ano Novo, de verdade! Qual o propósito de começar o ano com uma puta ressaca e dormindo até as 16h? Nossa, grande maneira de se começar uma nova página!!

Por isso que eu prefiro mesmo é o Natal, não que eu goste da hipocrisia dos parentes que surgem do além dizendo que lhe ama, quando no fundo nunca lembrou da sua existencia. Nem sou a favor da tal campanha comercial em torno disso. Gosto porque é uma oportunidade que tenho de reunir minha familia completa, de estar em paz com eles e festejar por isso. Gosto por isso, não por outra coisa nenhuma.

Nesse reveillon nem sei o que vai rolar, mas pra mim o que mais interessa é estar em paz e poder passar essa “meia-noite” com serenidade e muitos sorrisos. Minhas metas? Já estou colocando em prática:

– Estudar mais
– Ler mais
– Falar menos palavrões
– Dar mais sorrisos
– Ter mais segurança
– Trabalhar minhas desconfianças
– Ser mais paciênte

Eu só quero mesmo é estar bem, com equilibrio emocional pra poder ter dias mais produtivos e a mente mais sã. O resto vai se ajeitando com base nesse equilibrio emocional.

Já nem sei mais!

quarta-feira, dezembro 23rd, 2009

Eu falo demais?
Já nem sei mais…

As vezes acho que escrevo demais
As vezes acho que twitto demais
As vezes acho que teclo demais

Eu falo demais?
Já nem sei mais…

As vezes acho que penso demais
As vezes acho que observo demais
As vezes acho analiso demais

Eu falo demais?
Já nem sei mais…

As vezes acho que amo demais
As vezes acho que sinto demais
As vezes acho que presinto demais

Eu falo demais?
Já nem sei…

As vezes acho que resmungo demais
As vezes acho que critico demais
As vezes acho que ignoro demais

Eu falo demais?
Já nem sei mais…

As vezes acho que calo demais
As vezes acho que engulo demais
As vezes acho que espero demais

As vezes acho tanta coisa! Mas…

… e eu, falo demais?

fragmentos…

quinta-feira, dezembro 17th, 2009

Minha cabeça se adiantou e pegou o avião antes de mim. Meus pensamentos estão longe, nos Estados Unidos. Estão todos agora nos parques, nas lojas, nos outlets… E já aviso: estão todos falando inglês! Pois é, agora estou só pensando in english, entendeu?!

O coração cansou de ser república! Essa vida de gostar de alguém diferente a cada dia da semana é complicadissima! Me disseram que amores platônicos são fáceis, e eu já fui gulosa e arranjei logo vários desses aí platônicos! E quer saber? Não dói, mas cansa que é uma loucura! Desisti. Mandei tudo embora, vou reformar todinho o espaço e em breve aceitarei apenas um inquilino! Mas tem que ser de confiança, cansei de gente que não paga o aluguel! Tô fora de caloteiros!

A meteorologia interna está louca! Deve ser resultado da emissão de pensamentos poluientes! Um dia o céu de dentro amanhece azul, outros amanhece nublado, ou até chuvoso!!! O tempo tá pra lá de louco dentro de mim, acontecem as quatro estações do ano em um dia só! E eu fico aqui louca, sem saber se chovo ou se faço sol!!!

Posto assim, fragmentado… A vida tem me chamado, e não tem dado tempo de passar por aqui! Por isso, vez ou outra dou só uma ligadinha

– Oi blog, estou viva! Mas estou corrida! Não tem dado pra falar!! Mande beijos à todos, tchau!

Minha condição é do amor…

quarta-feira, dezembro 9th, 2009

Essa semana que passou, estive conversando bastante sobre o homosexualismo. Não sei porque mas, por brincadeira ou papo sério, esse assunto andou sendo pauta nos meus dias.

É hipocrisia dizer que sou uma pessoa livre de preconceitos, tenho muitos e entendo que infelizmente isso está entranhado em qualquer ser humano. Mas já fui uma pessoa demasiadamente chata, com pensamentos pequenos, quadrados, idiotas. Graças a Deus eu segui o fluxo normal da natureza; amadurecer e cada vez mais abrir a cabeça e estar disposta a compreender aquilo que está for a da minha realidade. Vim a essa vida pra aprender, estou disposta a isso.

Mesmo na época de grandes preconceitos e com uma visão mais restrita sobre o mundo, uma coisa que nunca tive restrições é na questões humanas. Acho que quando se trata de bons relacionamentos, tudo vale a pena! Não importa idade, sexo, nada!!! Costumo dizer que mais vale o amor do que a guerra. Antes homosexuais relacionando do que heterosexuais em guerra e vivendo a tal da violência domiciliar.

Essas coisas nunca me espantaram, nunca me causou estranhamento. A única que não gosto muito, e isso independe o “tipo” de casal, é de pessoas que expõe demais o que a meu ver deve ser feito a dois. Não acho necessário que a pessoa fique beijando, abraçando, fazendo carinhos em público. Acho que isso constrange. Mas pra mim, não há diferença nenhuma se forem dois homens, duas mulheres ou um homem e uma mulher se agarrando em público.

Mas continuando, eu sou daquelas pessoas que acredita que a gente nunca sabe de quem vai gostar. Acredito que a gente pode sim evitar o envolvimento, evitando determinadas aproximações mais profundas, não confunda minha teoria pra sair por aí furando olho de geral. Mas acredito que não escolhemos por quem temos atração inicial; pode ser loiro, moreno, careca, gordo, magro, ruivo, homem e mulher. Eu não acredito que seja nenhuma doença e nem disturbio; assim como eu tenho atração por pseudo-intelectuais, músicos e de cabelo cacheado, que não gosta de moda, alguém pode ter atração por gordo, ou por pessoa do mesmo sexo.

O foda disso tudo ainda é o preconceito.. Ainda existe o medo da rejeição, ainda existe o tal do tabu!! Os pais ainda temem por seus filhos e muitos desses filhos ainda temem por seus pais e por toda a sociedade. Tem muita gente que esconde por medo de não ser aceito, por medo de não ser correto e até medo de ser pecado!!!! Isso tudo é pra mim, um grande absurdo!!!

Tem muita gente que comenta que “o mundo gay” é sempre muita putaria, todo mundo comendo todo mundo e coisa e tal. Eu digo sempre que putaria existe em todos os lugares, um momente de mulher assanhadinha de shortinho se insinuando pros caras, e um monte de cara metido a “pegador”. Isso não é privilégio do “mundo gay”, isso é pessoal, cada um é como é.

Não gosto muito também, quem gosta de “pagar uma de gay” pra se achar na malandragem. Já vi muita mina sair beijando mulher por aí, pra dar uma de malandra, ou ficar espalhando que é isso ou aquilo pra mostrar que é alternativa. Isso tudo é que acaba denegrindo as coisas, confundindo as cabeças e aí sim o mundo vira uma suruba generalizada!

Existem pessoas que se atraem sim, por pessoas do mesmo sexo, do mesmo jeito que por pessoas do sexo oposto. Conheço gente que vive por pura e simples sacanagem, gente que tem relação com mulheres pra suprir carências masculinas, mulheres que transam com mulheres pra atrair seus paqueras homens e gente que se envolve em relações homosexuais bonitas, verdadeiras e duradouras!

Tive um colega na terceira serie, e que hoje em dia descobri que ele assumiu sua condição sexual e até se transformou em uma mulher. Fiquei muito feliz e aliviada de ver que a pessoa conseguiu finalmente quebrar as barreiras e se aceitar do jeito que realmente é. Fiquei triste de vê-lo com certa vergonha de mim no inicio, com medo da minha reação, mas com o tempo pude mostrar que comigo isso não tem nenhum mal estar.

Tenho muitos amigos gays, tanto homens como mulheres. Escuto as histórias, dou conselhos, e acho tudo isso normal. Não existe rotulo, separação, diferença entre esses amigos. A vida pessoal de cada um não me diz respeito.

O que mais me fode em tudo isso é o tal do radicalismo. Não acho que por a pessoa ser homosexual ou a favor disso, ela precise levantar a bandeira nenhuma. Já disse uma vez, e repito que sou, de certa forma, contra a tal da Parada Gay. Acho que é por esse caminho que as pessoas vão conseguir seus “direitos” e tem muita gente que vai mesmo pura e simplesmente por causa do oba oba!

Além do mais, acho extramamente ridiculo esses famosos e políticos querendo dar uma de descolê e apoiando a Parada Gay. E, mais ainda, esse povo banalizando os sentimentos por aí.

Enfim, não fiz esse post pra dizer que sou alternativa, malandra e livre de todo e qualquer preconceito. Nem tampouco levantar bandeira nenhuma! Foi um assunto presente em meus dias, e eu resolvi expor um pouco de tudo que penso sobre isso. E, é por essas e outras que nunca digo nunca, e não descarto a possibilidade de talvez um dia me sentir atraida por uma mulher. Sinceramente estou de coração aberto pra tudo, e inclusive não deixaria de gostar, ou me envolver com alguém; baseado na condição sexual da pessoa. No fim das contas o que importa é saber quem as pessoas são por dentro. É isso que conta. Se não fosse ninguém fecharia os olhos na hora de beijar.

Agradecimento especial para Maely pela ajudona!

Papinho de bar…

sábado, dezembro 5th, 2009

Resolvi fazer um post assim meio sem compromisso e sem muita profundidade. Meu céu está mesmo indeciso, tem dias que amanhece encoberto e outros ele amanhece em uma imensidão de azul. Então, xá pra lá tudo isso e bora pra conversa de bar.

Eu tenho fama entre alguns amigos, de gostar de cara feio, o que eu acho sacanagem com os caras que eu aprecio; coitados, não são feios realmente! A diferença é que não gosto de galãs, sabe? Aquele que a escola toda suspira, ou aquele que tem tudo pra ser modelo? Pra mim não rola, tem que ser meio diferente mas sem forçar um estilo, tem que ser normal, legal, e ter borogodó; e só.

Não me atraio por Leonardo DiCaprio, Brad Pitt, Matt Damon e nada do tipo. Não vejo graça em homens muito loiros, todo bonitinho, sei lá, soa enjoativo demais pra mim. Olho claro, perfeitinho, ai que chato!!! Também não gosto daqueles fortões, bombadões, grandões como aquele lá que fez o Wolverine, nem o que faz PS: Eu Te Amo. São fortões demais, são estranhos, não me atrai! Dos brasileiros, eu dispenso fortemente o Gagliasso e mais alguns outros “bonitões”. O Gagliasso é baixinho, tem carinha de menininha, é muito perfeitinho. O Lacerda é todo milimetricamente perfeito, tem cara de desenho da Disney, eu passo!

Caras que se arrumam demais, se perfumam demais, já soa estranho pra mim. Não rola esse tipinho chato pra cacete! Eu mesma, sendo mulher odeio maquiagem, sobrancelha e coisa e tal, imagine um cara que se arruma todo? Não rola!! Acho que as pessoas devem ser normais, sem usar roupinhas de “grife”, nem ficar pagando estilinho. O lance é o basicão, versátil e com bastante coisa na cabeça!!!

Já fui muito fã de Sandy e Junior, eu não nego, mas o Junior de hoje me atrai muito mais do que aquele menino de familia que ele era quando fazia dupla com a irmã. O Junior de hoje está mais bonito pra mim, mas peca muito na forçação de barra, talvez uma espécie de auto-afirmação eterna. Por isso, eu passo também!!

Vou tentar registrar meus 5 homens bonitos. Pra tentar explicar através dos homens “famosos” um pouco de como o meu coração é atingido pela flecha do cupido. Me apaixono de três, quatro ou cinco em cinco anos. Sou taurina, não saio por aí me apaixonando por qualquer corpinho bonito.

Ah!! E deixo bem claro que não existe uma ordem de preferência, estão todos no mesmo balaio! Aliás, estão inclusive no mesmo balaio os que eu não vou citar por pura preguiça, mas nem por isso são menos importantes!

.

John Stamos

Ele é um ator americano que fez Full House e ER, entre outras coisas é lógico. Além disso, é apaixonado por música, toca bateria e vive tocando com The Beach Boys sempre que tem uma vaguinha na agenda. É bonito, moreno e com um estilo bacana. Se buscar fotos dele o encontrará de terno todo charmoso, ou simplesmente de jeans e camiseta; mais charmoso ainda!

.

Daniel de Oliveira

Ele é claro e tem olhos claros, o que mostra que não necessariamente abomino os homens claros. Mas ele tem algo a mais, é mineiro, tem olhos miúdos e um jeito todo próprio. O Daniel tem conteúdo, é dedicado e é o que tem vontade de ser. Admiro a entrega dele aos personagens, e o acho lindo, lindo, lindo!!

.

Marcelo Faria

Eu tenho apreço pelo Marcelo Faria desde que ele era o galã da moda, mas o mesmo carinho e interesse eu tenho até hoje e terei sempre. Acho ele lindo, sei lá, com esse estilo carioca de ser. Ele não é aquela pessoa que cria um personagem, é o que é e ponto. E, posso dizer com propriedade (já o vi vaaaaaaaaaaaaaarias vezes); é uma pessoa muito bacana!!

.

Fernando Anitelli

Ele é sim um dos meus galãs sim sim sim!! Eu acho o Fernando um cara lindo demais! Aqueles olhos que transbordam sentimentos, o sorriso gigante e lindo, e as mãos mais bonitas que já vi.. É um cara que se veste conforme o humor, que age conforme o humor, que vive conforme o que sente! E é taurino, uma das melhores qualidades!

.

Selton Mello

Nem sei se realmente gosto do Selton ou se é algo emocional que está envolvido. Mas o fato é que eu sempre o achei uma pessoa pra não se jogar no lixo. Ele tem as caracteristicas básicas: cabelo cacheado, olhos pequenos e é mineiro.
Antes, eu detestava a personalidade meio grossa dele, mas o Selton pós-depressão me soa um cara mais bacana.

No fundo é aquele lance; pra me chamar atenção não precisa ser o mais gato do mundo. Precisa mesmo é ter algo especial, algo que atraia meus olhos e principalmente o meu interesse. Quero gente que fale algo, que acrescente, que ouça… Desses bonitinhos mas ordinários eu tenho é uma eterna PREGUIÇA!!!