Suavidade que inspira

Estou borboleta, né?!
Pois é, às vezes sinto uma paz e um êxtase tão grandes como se fosse primavera, a estação em que as flores se abrem, e eu sinto que sou uma borboleta admirando essa sábia natureza que ri, que chora e que nunca deixa de ser bela.
A inspiração boba e essa sensação de frescor vem da música delicada de Bebel Gilberto, que vem trilhando meus dias e trazendo mais suavidade ao meu coração.

“…Quando vi pelas ruas passar
Eu fiquei sem poder nem falar
Porque você estava tão lindo de se ver
Como na foto que me encantou…” [Foto de Formatura – Bebel Gilberto]

“Ando tanto tempo a perguntar
Porque esperar tanto assim de alguém
Percorrendo espaços no mesmo lugar
Não sei a quanto tempo estou a te buscar…” [Tanto Tempo – Bebel Gilberto]

“…Rimas fáceis, calafrios
Fura o dedo, faz um pacto comigo
Um segundo seu no meu
Por um segundo mais feliz…” [Mais Feliz – Bebel Gilberto/ Cazuza/ Dé]

“…São tantos céus
Tão diferentes
Que nunca sei
O meu lugar
Me encontro sempre olhando
Perdida no ar…” [Céu Distante – Bebel Gilberto]

One Response to “Suavidade que inspira”

  1. Celly Says:

    Acho que to precisando virar borboleta …
    Bjos

Leave a Reply