Sex in the city

Outro dia me sentei para assistir Sex in the city, na falta do que fazer acabei mesmo assistindo o seriado. No inicio fui vendo por puro tédio, falta de opção e curiosidade. Depois comecei a querer realmente entender até onde aquilo iria me levar, e qual seria então a moral da história.
Bom, o episódio que eu vi, contou a história de quatro ou cinco amigas que pelo que percebi levam a vida em função de encontrar o cara perfeito, e principalmente de transar muito e gostoso. Isso já me deixou um tanto quanto revoltada, um seriado que gira em função da busca de homens e de muito sexo. Depois ainda vejo que essas mulheres devem ter por volta dos 29 e 30 anos, e se comportando como adolescentes discutindo o tamanho do pau do cara, dizendo o que diz quando tá em pleno orgasmo e essas coisas que, na minha opinião não se discute com ninguém.
Além dessas coisas fúteis, o seriado ainda mostra as coisas que uma mulher se sujeita por um homem, de como pensa e o que sente com todas as sacanagem que o cara faz, que na minha opinião muitas vezes é mais culpa nossa [mulheres] que espermos demais deles do que culpa eles.
Pra mim, homem não é exatamente tudo canalha, o que acontece frequentemente é que as pessoas acabam idealizando demais as outras e, caso não seja como o esperado rola aquela frustração. E isso acontece com mais frequencia quando se trata de gostar, o homem que a gente gosta tanto tem de ser como a gente idealiza, e pensar exatamente como a gente espera que ele pense, senão ele já é um canalha. Cada um pensa de um jeito, e nem sempre esse jeito é igual, e isso que é o bacana, saber conviver com idéias diferentes, com respeito. E outra, se você gosta tanto de determinada pessoa, pra que querer que ela mude tanto se quando você conheceu a pessoa já era exatamente assim e foi isso que te fez gostar?! Incompreensivo esse jeito que as pessoas gostam; “te amo, mas você tem que pensar exatamente como eu, ok?!”, faça-me o favor né?
Mas enfim, o seriado é mais ou menos isso. Mostra as mulheres na busca de um cara perfeito, exalta as mulheres e põe os homens como uns canalhas, imprestáveis e até de pau pequeno. E a única coisa interessante do seriado pra mim, foi que no final das contas todas elas terminaram sozinhas. Bem feito!
Não estou defendendo apenas os homens, mas acho que é meio injusto essa feminilidade de achar que nenhum homem presta. Eles não tem obrigação de ser exatamente como as mulheres gostariam, e nem de adivinhar pensamentos de ninguém. E outra coisa, também tem muita mulher filha da puta por aí, então é preciso que se resgate o respeito e a compreensão senão realmente o final será a solidão, porque perfeito ninguém é!
Foi mal minha revolta inútil, mas eu fico mesmo abismada que até em seriados as pessoas exibem valores diferentes do que deveriam ser cultivados; como a tolerância, o carinho, o respeito, que um relacionamento é muito mais do que a busca pelo sexo perfeito, o cara que adivinha todos os nossos desejos e que seja lindo, fofo, etc e tal. Em um relacionamento depende da maturidade de ambas as partes, é preciso lembrar que são dois seres humanos com vontades, sonhos, desejos, sentimentos, e não apenas um.

Muita abobrinha… mas deu vontade!

4 Responses to “Sex in the city”

  1. Leandro Dalarte Says:

    Gostei da sua ‘revolta’.
    Eu já vi apenas minutos desse seriado, mas o melhor mesmo, tirando as mulheres(que portanto, que estejam caladas) é o cenário em que se passa a série.. Hein?
    New York.. New York…
    😀

  2. Rodrigo Says:

    hauhauauha… bommm… acho essa série ae uma bosta…
    só fica falando d sexo sexo sexo e kras… pior q acho q no ultimo capitulo a persona principal acaba sozinha né??

    tem um clip das Destiny´s Child q é uma homenagem a essa serie, q ficou mmmto bom eu achei…
    mostra uma historinha, mas nao tao bobo q nem na série…
    e a letra da musica, junto com a musica q tem uma melodia e arranjos mto bons… ficou otimo 😀

    vc já deve ter visto, mas tá ae pra c kiser ver agora com + atençao já q agora conhece a serie:
    http://www.youtube.com/watch?v=OyMy7tFNAQY

    antes vê a letra no vagalume. ker dizer, a traduçao xD
    é uma letra legal.

  3. Rodrigo Says:

    owww!!
    mas vê msm o clip viu 😉
    dps q a gnt vê a serie, a gnt entende melhor o clip xD
    e dá pra entender a historinha msm sem traduçao 😉 huaahuauha

  4. Greice Says:

    Eu comecei a me interessar por esse seriado á um tempo atrás… cheguei a pegar e primeira e a segunda temporada pra assitir…. assiti a primeira e parei, mas até que eu gostei… deu até um interesse agora… vou procurar pra baixar, depois debato sobre o assunto! Rsrs..

Leave a Reply