Vida Alcoólica

Antes de mais nada eu gostaria de lembrar: Eu não escrevo bêbada sempre! Só raras vezes =P

Em meio a umas brincadeiras no barzinho, eu parei pra analisar um pouco as minhas atitudes e principalmente a minha vida alcoólica. Não precisei de muito tempo da minha insônia pra chegar a algumas conclusões e uma delas é que de fato eu sei viver bem pra caralho!!

Que mereça ser denominado como porre, eu posso dizer que teve apenas um. Esses de perder parte da memória, de fazer as coisas sem saber o que está fazendo, de rir e chorar, de depois sentir uma culpa gigante das poucas coisas que consegue lembrar.
Esse porre foi no meu aniversário de 23 anos, uma fase complicada amorosamente falando e a época que resolvi largar um pouco o lado Santinha e Chatinha de ser.
Comecei bebendo na noite anterior da festa, com uma amiga de Curitiba, meu irmão, minha ex-cunhada, minha mãe e minha irmã. Bebi por farra e alegria mesmo, mas também por uma tristezinha por saber que o “gatinho” não estaria na festa do dia seguinte. A galera me embebedava para evitar que meu sono estragasse a surpresa, queriam me manter bêbada e acordada a todo custo, mas as 4h30 o sono falou mais alto e eu praticamente cai dura na cama. Às 5h eis que ouço um burburinho no quarto, mas tenho certeza de ser fruto do álcool ingerido e permaneço dormindo. Resumindo, porque não agüento mais contar detalhes dessa surpresa, o “gatinho” era a surpresa, e eu não o reconheci de inicio por estar bêbada de sono e de tanta caipirinha de maracujá.
Já passadas algumas horas e tudo esclarecido, etc e tal, eis que as 8h30 (antes do leitinho matinal) eu bebo meu primeiro copo de vodka, leite condensado, maracujá e pó de guaraná… E assim fui durante o dia inteiro, preparando a festa e bebendo…
Na festa a coisa não mudou muito e eu ainda bebi outros tipos de batida. Fiz estardalhaço, falei o que não deveria, agi com impulsividade (mais que o normal), provoquei, briguei, ri atoa, me diverti, chorei um bucado e no final da festa ainda virei quatro dedos de Kriptonita (vide a receita no fim do post) de uma vez só.

O saldo? Na média, não ter um porre (mesmo que tardio) e não cometer todas essas loucurinhas (que nem foram das piores), não é viver!!! Mas de fato fiquei muito mal vista pelo “gatinho” que só bebe coca-cola.

Antes e depois disso, tive pequenos porres. Apenas bebia ao ponto de ficar de blusa e calcinha conversando no quintal da frente de casa (que dá de frente pra rua) e ainda dar oi pro mendigo, de rir atoa, tirar fotos bizarras, de telefonar pra dizer “tava com saudades”, de chorar ouvindo Rouge, de fazer maquiagens toscas só pra tirar foto… Mas tudo sem perder a consciência e sem fazer nada que não faria sóbria.

Ultimamente posso dizer que bebo socialmente e ainda friso que bebo muito abaixo da média do que eu estava acostumada a tomar. Hoje mal fico alegrinha, mal faço bobeiras e mal vivo situações inusitadas.

Resumindo… Aos críticos de plantão; Vocês ainda não viram NADA.

Receita da Kriptonita

Vodka
Soda
Clight de morango silvestre
Clight de carambola

(Pode ser outras marcas, porém os mesmos sabores)

E acredite; Kriptonita derruba!

PS: Fiquei com vontade de bebemorar… Quem topa?

6 Responses to “Vida Alcoólica”

  1. Patty Says:

    #

    Bom, o ke dizer disso… alem das situações ke lendo no blog ja me fizeram rir, ao vivo então eu quase morri de rir, mas num chorei com Rouge, alias ri de vc chorando hahaha

    Mas enfim, olha como ta nossas vidas, vc bebendo poko e eu bebendo nada! será castigo?
    hahaha

    Adorei o post, e num eskenta vc num precisa beber nda pra ser loka, axo ke temos algumas coisas em comum né rsrsrs

    Bjusss
    T Love!

  2. Felipe Says:

    Ê D. Iza… cada um com seu fraco. Não posso nem ver vodka na minha frente. Tive uma péssima experiência com essa maldita bebida.

    E não recomendo também como café da manhã, igual seu caso.

    Bom mesmo é tequila. E com verme dentro! :)
    Beijoca!

  3. Rodrigo Says:

    É amore… post nostálgico esse, q até eu me lembrei dessa época xD
    só q é engraçado, msm estando lá eu presenciei pokos desses fatos…
    e no msn me lembre q kero tirar uma duvida sobre uma coisa :$

    4a. feira ocorreu uma cena linda aki
    eu o Everton e o Tarciso fomo lá no começo d Marília ver o bagulho do onibus q vai pra Sampa
    e no caminho passando pelo pao d açucar o Tarciso kis comprar Haineken (axo q é assim q escreve)
    comprou pra td mundo =X
    cena ineskecível essa, a gnt debaixo do sol absurdo dessa cidade, andando pela rua, kda um com sua Haineken xD
    memóravel(A) huahauuhaa

  4. Greice Says:

    Opaaaaaaaaaaaaa! Aí é vida! Hahahahahaahhaa… Mas o MARAVILHOSO MESMO é SEX ON THE BEACH

  5. Silvia Odete Morani Massad Says:

    Hello, i feel that i saw you visited my weblog so i got here to return the prefer?.I’m attempting to in finding issues to improve my website!I assume its ok
    to make use of a few of your ideas!!

  6. 10 things you need to know about chuck norris Says:

    This design is steller! You most certainly know how to keep a reader amused.

    Between your wit and your videos, I was almost moved
    to start my own blog (well, almost…HaHa!) Wonderful job.
    I really loved what you had to say, and more than that, how you presented it.

    Too cool!

Leave a Reply