Parte I

Dias como esses são sempre inesquecíveis. Fica depois o sentimento de quero mais e aquela depressão pós-dirversão. Mas fico com a recordação dos últimos dias como um antídoto, por pelo menos duas semanas.

Sexta-feira fui à São Paulo no Na Mata assistir um show de um amigo daqueles que a gente tem pra guardar bem guardadinho no coração. Se trata de um amigo que conheci na 7ª série e só de falar que nossa amizade dura até hoje, já dá pra sacar o orgulho e a felicidade que foi pra mim, participar desse momento.

E, pra completar a minha noite maravilhosa, fomos em família (Pai, Mãe, Ná e Cauê) e pra quem me conhece, sabe muito bem a importância e o bem que me faz estar com minha família reunida. Só posso dizer que foi uma balada maravilhosa; com direito a muita música, saquê e muita, mas muuuita alegria. Chegamos em casa por volta das 5h da matina.

***

Sem perder o pique, no sábado acordamos por volta das 09h e o dia foi corrido, com direito a Luara me dando banho e correria geral para novamente irmos à Sampa. Dessa vez, a família estaria ainda mais reunida com a presença da Luara, e de participação especial de Cláudia Peito, digo Busto.

Explicando melhor, é que fomos os 7 rumo a Sampa para assistir o show da Xuxa no Credicard Hall. Tratava-se de um juramento que fiz a mim mesma de fazer tudo que eu pudesse para realizar o sonho da Cláudia conhecer a Xuxa (como presente de aniversário adiantado), e fomos também para levar a Luarinha que adora e sabe todas as músicas e coreografias da Xuxa.

Apesar da chuva, os alagamentos e da Luara estar doentia, foi mais um momento mega especial para mim. Eu estava com meus irmãos que eu amo muito, com minha sobrinha que é a minha solução e com minha amiga assistindo um show de uma mulher que representou muita coisa na minha infância, que foi responsável por momentos mágicos da minha vida. Eu não gostei. Eu simplesmente amei.

Graças a minha falecida avó Nair (sim, confio plenamente que foi ela), deu tudo certo, foi tudo muito mágico e eu ainda consegui proporcionar a minha amiga de tirar uma foto com a Xuxa. E de coração, eu fiz e faria tudo isso novamente, porque eu queria muito que ela tivesse essa felicidade.

Na volta ainda fomos no Mac Donald´s, chegamos em casa um pouco mais de meia noite, mas até fazer a Luara durmir; conseguimos durmir pra lá de 2h da manhã.

***

E como a ordem é paulera total, no domingo fizemos a páscoa adiantada, pois a Nat veio esse final de semana e não poderá vir no feriado. Portanto acordamos novamente 9h e fomos andar pela casa atrás das pegadas do Coelhinho, para encontrar os ovos e os presentes. Tudo isso pela Luara, lógico. Afinal de contas não ganho Ovo de Páscoa há um tempo, por vontade própria. Eu nunca liguei para chocolates.

Depois ainda teve o típico almoço de Páscoa em família e com a presença da Tia Beth, Tia Marga e vó Maria José. Comemos Bacalhau e me empanturrei com colomba pascal com sorvete e leite condensado. Foi uma tarde realmente deliciosa.

A noite eu ainda recebi um pessoal que eu gosto muuito da faculdade. Dessa vez a Carlota não pôde aparecer, mas veio a Vivi, a Márcia, a Cláudia e o Nevitz. É bom revê-los, tem pessoas que eu realmente gosto da presença, e especialmente esse meu grupinho seleto é um bom exemplo desse tipo de gente que quero por perto.

Fomos presenteados por uma lua maravilhosa, e além dos papos, dos sorrisos, zueiras, carinhos em forma de provocações, nós ainda tivemos uma sessão de tarot feito pela Márcia. Muito gostoso, estranho e no meu caso; pouco surpreendente.

4 Responses to “Parte I”

  1. Leandro Dalarte Says:

    Sempre que tem esses lances de tarô eu sempre perco… Sempre fico pensando e acho que até acredito um pouco, que as cartas podem ajudar o ser humano de certa forma ou não..

    Poxa, eu fiquei imaginando tudo isso que você descreveu, desdo almoço adiantado de Páscoa, das pegadas do coelho e dos shows…
    Pode ter certeza que a sua vó Nair, ajudou sim…

    Almoço de páscoa aqui.. a única tradição que tem aqui é o bacalhau… Almoço em família na páscoa? Lembro disso, quando devia ter uns 5 anos, no máximo…

    Essa união familiar, esse amor que vejo na sua família, mesmo algumas pessoas morando longe, conseguem se esforçar pra estar aí etc…
    Aqui, isso está longe de acontecer, mas eu não sinto falta. Se rolar, rolou, legal.. se num rolar, que pena e fico de boa…

    Boa semana pra nós!

    Beijo

  2. Jojo Says:

    Tarô? Nâo sei, não consigo acreditar MESMO.

    E familia é sempre bom né? Pena que a minha ultimamente tem andado faltosa com esses compromissos. Cada um vai prum canto…

    E nem precisa falar que Xuxa é demais! Tanto que ouço até hj hehhe.

    Bjs!

  3. erikinha Says:

    Que fds agitado hein?!
    Fala sério… gostei de ler, já me atualizei com tudo o que vc fez!
    hehehehehehe
    Eu tbm quero ir no show da Xuxa… me leva?
    uheuheuheuheuheuhe

    beijo Izoka

    vou ler o outro post agora!
    :)

  4. Rodrigo Says:

    lendo esse post eu lembrei do dia q vc me fez conhecer os Brito xD
    na época era meu sonho =XXX
    ahhh, e tbm a Fê né(A)
    na época ambas as coisas foram realizaçoes extremas 😀

    é tao bom fds assim sem descanso, sem forças né… owww blz… preciso ir pra SP pra ter um desses =X

Leave a Reply