Do sonho.

Dizem que sonhar (veja bem; sonhar, e não ter pesadelos) à noite é muito bom, e muita gente acha isso mesmo interessante. Confesso que talvez por um lado pessimista, eu nunca achei muito interessante ter sonhos enquanto durmo. Prefiro aqueles que fantasio acordada mesmo, e na hora de dormir prefiro poder ter a chance de um belo de um descanso.

Sonhar enquanto dorme, além de ser frustrante porque quando você acorda, nota que tudo aquilo não passou de uma irrealidade, ainda tem mais dois pontos negativos: você não tem nenhum controle (o que me assusta muito) e ainda por cima você na maioria das vezes acorda tão ou mais cansado de quando foi se deitar.

Por essas e outras prefiro dedicar um momento do meu dia para meus sonhos acordada. Tiro o pé do freio e deixo a mente caminhar o rumo que quiser, não dou limites a nada, mas tenho a segurança que a qualquer momento eu poderei puxar o tal do freio. Além de tudo, não estou perdendo nenhum momento do meu sono.

Vale lembrar que isso sempre deu certo e eu raramente tenho sonhos enquanto durmo, podendo acordar sempre com muita disposição e sem nenhuma sensação desconfortável.

Nessa semana porém, vem rolando uma enxurrada de sonhos incontroláveis. E além das noites mal descansadas, ainda passo meus dias pensando nas coisas mirabolantes que ando sonhando. Por isso até que resolvi fazer um post, como forma de indignação e pra ver se espanta de vez essa moda.

1º Sonho.

Sonhei que rolava uma festa de arromba aqui em casa, e todas as pessoas que conheço estavam presentes. Gente de outros estados e até de outros paises. Todos aqueles que são e que um dia (mesmo que um dia muito distante) foram muito especiais para mim. Pra se ter idéia tinha gente desde a época que eu não estava nem na primeira série, até o pessoal da faculdade e de hoje em dia.

Em um determinado ponto do sonho, alguns de meus amigos me chamaram até meu quarto e cismaram que estavam cansados e que teríamos que ficar ali. E eu querendo voltar para festa, mas eles não deixavam de forma nenhuma.

Esse grupo consistia em: Fernanda, Cláudia, Nara, Mayra, Rodrigo, Dalarte e Fabio.

O que me intriga é o porquê desse sonho, e pior, em meio a tanta gente especial porque justamente só essas sete pessoas resolveram se excluir em meu quarto, e porque logo essas pessoas? Existiriam outros diversos amigos que eu entenderia completamente essa atitude.

2º Sonho

Sonhei que acordei com o Paulo Vilhena me chamando no Nextel e quando eu atendi, ele pedia que eu fosse para o Rio de Janeiro de qualquer jeito naquele dia. Apesar de eu tentar explicar que não seria possível devido aos meus compromissos e, principalmente, porque não se viaja assim de repente; ele continuava insistir.

Em certo momento ate minha irmã chegou a ligar pra mim insistindo pra que eu fizesse o que o Paulo pedia e eu ficava então mais confusa ainda com toda essa urgência deles.

Sei que a coisa era tão forte que o Vilhena veio até minha casa convencer a mim e a minha família para que fossemos para o RJ aquele dia. Eu não queria de jeito nenhum, mas cada vez mais estava estranhando tudo aquilo.

No final das contas acabei indo até lá o RJ e foi aí que o sonho ficou ainda mais confuso. Entrei em um escritório e me mandavam ir de uma sala pra outra como se houvesse alguma coisa que eu não pudesse ver nesse escritório e então as pessoas faziam o maior mistério e eu já estava prestes a mandar todo mundo à merda quando acordei.


3º Sonho

Esse sonho foi confuso e, eu acredito que tenha sido uma espécie de mini-pesadelo.

Eu estava cursando uma faculdade ou uma espécie de pós-graduação, mas a Fernanda estava estudando na mesma classe que eu (detalhe; ela estudou comigo da 6ª serie ao 3º colegial e na faculdade ela fez fisioterapia e eu jornalismo), e nós então fazíamos a maior bagunça por depois de tantos anos voltarmos a estudar na mesma classe.

Nessa mesma classe nós começamos a descobrir que a namorada de um amigo meu (esse casal existe na vida real) estava traindo ele e então começamos a investigar e pegar algumas provas pra poder alertar o meu amigo, quando de repente toca meu celular e é meu pai dizendo que estava vindo me buscar na faculdade com urgência.

Apesar de não querer ir embora e ter que parar as minhas investigações, acabei aceitando e então eu e a Fernanda fomos dispensadas da aula aquele dia.

Quando meu pai chega pra buscar a Fernanda e eu, a minha mãe vem logo dizendo “meu pai veio buscar minha mãe”, e foi então que eu descobri que minha única vó (Maria José) havia morrido. Fiquei meio atônita, com uma mistura de sentimentos e muito impressionada quando meu pai contou que ela morreu tomando banho.

4º Sonho.

Sonhei que mudamos para uma casa enorme. Tinha vários quartos e salas enormes e ainda um quintal gigante. Era tudo muito grande mesmo, exageradamente espaçosa a casa.

E, em um dos quartos, minha mãe mandou fazer paredes acústicas, colocou vários aparelhos eletrônicos como som, computadores mega blaster e altas caixas de som e disse pra mim que ali seria o meu estúdio de edição musical.

. . .

Pode até não parecer, mas contar sonhos nunca é a mesma coisa de quem sonhou, passando isso pra frente não dá pra traduzir o amontoado de sensações que um simples sonho pode nos fazer sentir. Até esse último que é aparentemente curto e normal, me vez passar o dia pensando um bucado de coisas, ainda mais quando meus projetos não estão correspondendo aos mesmos do sonho.

Obs: Essa noite finalmente não houve sonho nenhum!!

3 Responses to “Do sonho.”

  1. Rodrigo Says:

    sonhar é uma coisa bem complexa.
    os sonhos podem nos trazer inspirações,
    como foi o caso desse 4o sonho ae, dar inspiração pra gnt fazer alguma coisa, pra gnt pensar melhor em nós msm,
    mas tem uns sonhos q sao tao assustadores e tao indesejáveis
    pior qdo a gnt sonha q alguem fez algo errado pra gnt no sonho e na manha seguitne tamo com raiva dessa pessoa =X
    sonhos q dão nojo
    sonhos q dão prazer
    sonhos q fazem ter + vontade ainda d sonhar *-*
    num deviam ser vistos com tanta mágica assim, pq é algo q pode ser tanto 100% bom como 100% ruim.
    mas como nao podemo controlar, o negócio é dormir e torcer pra ter um sonho bom ;D

    PS: adorei o sonho q eu participei o//

  2. Greice Says:

    Noussa, já faz MUITO TEMPO que eu não sonho! Isso é grave?

  3. Jeanelle Says:

    I worth the article article. Thanks Once again. Maintain composing.

Leave a Reply