Show – Seu Jorge

O show do Seu Jorge… Hum… O que posso dizer? Eu amei.

Talvez esses comentários sejam um pouco partidário, porque não é de ontem que já me tornei uma grande admiradora do Seu Jorge. Sempre gostei do estilo e, pelo pouco pouco que conheço, a forma que ele leva a carreira.

A primeira vez que vi Seu Jorge no palco eu me encantei. Foi na gravação do DVD Ana & Jorge. Aquele negão bonito e com um vozeirão entra no palco pra mostrar a que veio. Cantou algumas de suas músicas e logo tratou de trazer Ana Carolina ao palco. Sempre humilde, tratou a moça, de também vozeirão, com todo cavalheirismo que uma mulher merece. Já tinha meu respeito, naquele show Seu Jorge ganhou minha admiração.

No show deste dia 20/set/2008, foi a primeira oportunidade que tive de curtir o show só do cara. E como eu disse em alguns posts anteriores, eu que achei que não iria por ser a única a gostar; acabei sendo convidada pela e acabou que no final das contas fomos em uma galerinha muito da gostosa: Mayra, , Bila e Fabio. Isso sem contar o Danilo e mais uma galerona que íamos encontrando por lá.

Na minha concepção o show foi espetacular. Podem até existirem melhores, mas rolou tudo que pra mim é necessário pra que um show valha a pena.

A banda estava em um alto astral que podia contagiar a platéia, e era exatamente isso que faziam; contagiavam e interagiam com o público o tempo inteiro. Entre si, o que se sentia é que pra eles aquilo tudo era diversão com os amigos. Eles riam, zuavam e se entendiam muito bem. Seu Jorge era o vocalista, mas a banda brilhava igualmente.

Ali tinha de tudo; percussão, bateria, baixo, guitarra, violão, cavaquinho, pandeiro, gaita, saxofone, cuica, violino, entre outros que com certeza escaparam da minha memória. Era um som gostoso, brasileiro e bastante diversificado. Nas músicas, Seu Jorge pode ter até pecado um pouco (como achou o Fabio), e também ter deixado de fora algumas poucas músicas que eu queria ouvir. Mas eu achei que pro momento a coisa foi bastante oportuna. Ele mesclou todos os seus CDs, cantou tudo o que o povo sabia cantar e animou a galera. Algumas como Trabalhador, América do Norte, Burguesinha, Mina do Condomínio, Carolina, Tive Razão, entre outras.

De final, o que o povo que estava comigo desaprovou mas que eu achei válido, Seu Jorge puxou alguns Samba Enredos mais populares e terminou a festa com as marchinhas de carnaval lá de 1900 e bolinha. Recordar é viver e isso pra mim deu um resultado bastante satisfatório.

Achei a presença de palco de todos muito bacana. E a surpresa ficou por conta do momento em que um cara na platéia começa uma briga, e Seu Jorge diz no microfone que se o cara não fosse expulso ele mesmo ia lá expulsar. Não vi a briga, pois estava no 2º andar, mas vi Seu Jorge descer do palco voado, e ir até lá onde era a briga, em seguida toda a banda foi também. Novamente não sei o que houve, mas Seu Jorge foi aplaudido e ovacionado. Voltando ao palco ele pediu desculpas e o show seguiu em frente.

PS: Nossas aventuras ficam em nossas memórias (preguí de escrever)
PS2: Acho (mentira, tenho certeza) que fui com as pessoas certas, na hora certa. Obrigada vcs.

3 Responses to “Show – Seu Jorge”

  1. Greice Says:

    E VAI TER SHOW DELE EM NOVEMBRO AQUI EM SAMPA E EU NÃO VOU! Ser pobre é foda!

  2. สลิมมิ่งไดเอท Says:

    Hmm is anyone else encountering problems with the pictures on
    this blog loading? I’m trying to figure out if its a problem on my end or
    if it’s the blog. Any responses would be greatly appreciated.

  3. Get BitCoin Says:

    TY, This weblog is very unearthly, just what i am looking for to study on my recess. TY

Leave a Reply