Eu tô tentando…

Eu passei essa terça-feira me acostumando novamente com a vida de vagal. Porque se tem algo que eu me acostumo fácil é com a vida ativa, e realmente o tédio é uma caracteristica dos taurinos que eu não herdei.
Gosto da sensação de não sentir o dia passar, o cansaço no corpo e a mente com tanta adrenalina que não consegue nem pensar direito. Coisas comum pra muita gente que trabalha, estuda, faz cursos extras e tudo mais. Pessoas que não valorizam a felicidade que é poder ter uma vida assim.
Eu queria trabalhar a tarde, estudar a noite e fazer alguma lingua de manhã. Terças e Quintas inglês, e Segundas e Quartas francês. Nas Sextas eu faria aula de música e, como nesse meu ideal eu não tenho dificuldades motoras (não sou deficiente), eu gostaria de prender a tocar gaita e baixo, ainda gostaria de estudar a história/teoria da música (isso ainda vou estudar de verdade!). Mas como sou fisicamente dependente dos meus pais, não há possibilidades de ocupar o meu tempo assim, 100%, pois quando eu estou atoa significa que meus pais estão ocupados com as coisas deles (cozinhando, banho, descansando, banco, médico, etc…). O jeito é ir com calma e deixar como está. Saber dividir o tempo em três, já que eu (que não ando) dependo da minha mãe (que enxerga muito pouco) que depende do meu pai (que já ta velho) que ajuda as duas mas também se cansa.
Mas, se tudo continuar como estou hoje em dia, em 2007 vou dedicar aos cursos paralelos como linguas, música e cursinhos de produção de eventos e tudo mais. Já em 2008, dependendo do desenvolvimento de 2007, eu vou fazer pós-graduação em Cultura Brasileira ou prestar outra faculdade, que pode ser Radio & TV, Letras ou Relações Públicas.
Tudo isso não são planos, afinal de contas a vida muda a cada dia que acordamos e eu realmente não sei do meu amanhã. Mas são metas, porque para viver e ir a luta precisamos traçar algumas metas, ter grandes sonhos mesmo que eles mudem no meio do caminho, o importante é que eles nunca deixem de existir! E eu reencntrei minhas metas, e agora tô empolgadona para conquistá-las!!

One Response to “Eu tô tentando…”

  1. Greice Says:

    E eu ainda não reencontrei as meinhas… e embora esse post seja de 2005. pra mim está super hiper atual com a minha vida!

Leave a Reply