A paz em mim

(…)Fico introspectiva.
Penso em minhas atitudes,escolhas
e decisões. Nestes dias, penso em
voz alta. Falo sozinha procurando
me ouvir e me entender.

(…) Aprecio o toque suave do vento no meu cabelo
e minha pele. Que a sensibilidade
ataca e o interior se exterioriza.

É quando encontro a paz em mim.
O que procuro, está aqui dentro.
Emaranhado nas angústias, dúvidas
e conflitos que carrego. Não no
outro, nem em um filme ou livro.

Só dentro de mim. Nesta neblina
descubro que sou a melhor amiga
que sempre procurei. Que sou a
minha melhor ouvinte, minha
confidente.

(…) É quando percebo que
serei a única a estar ao meu lado
durante toda minha vida.

A única que saberá o que vivi e como morri.

Texto de Bruna Mata, que me traduz tanto (diria 100%) ultimamente.

4 Responses to “A paz em mim”

  1. jessica Says:

    nussa, jurava q foi vc msm q escreveu. isso se traduz em todos nós, não é mesmo

  2. LeAnDrO Says:

    Como a Jéssica disse acima, também pensei que foi vc mesmo quem escreveu…

  3. Camila Says:

    “É quando percebo que
    serei a única a estar ao meu lado
    durante toda minha vida.”

    Perfeito… =~~

    Beijo!

  4. Silvia Odete Morani Massad Says:

    That is really interesting, You’re an overly professional blogger.
    I have joined your rss feed and look forward to looking for more of your
    fantastic post. Also, I have shared your web site in my social networks

Leave a Reply