E os sinos, eles tocam.

Depois de muitos papos com Maíra Viana, troca de tweets, etc; resolvi ir pra São Paulo assistir a estréia de sua peça chamada “Sinos Imaginários”, e aproveitar a oportunidade para ver alguns amigos de Sampa que gosto muito.

Confesso que não esperava muita coisa da peça, conhecia os textos de Maíra, mas tinha receio de sua estréia como autora de peças. Além disso, sabia que a arte independente e o inicio de uma carreira é algo bem complicado e tinha medo de como se daria isso. Não sou pessimista, sou apenas um pouco São Tomé demais.

Sentei bem na frente do palco bem baixo, analisei a montagem do cenário tentando prever o que seria mostrado pra mim naquela noite. Querendo prever, na verdade, o imprevisível. E não demorou muito pra luz apagar e começar a tal viagem dos “Sinos Imaginários.

Todo o lugar, as pessoas e a peça principalmente, me fizeram ficar estática e mergulhar naquele mundo de sentimentos. Era o dedo na garganta, na ferida, na alma. Foi uma terapia em público. A cabeça queria pensar várias coisas, e ao mesmo tempo não conseguia parar de prestar atenção na história.

A cada cena a vontade de guardar uma frase, de registrar um aprendizado, um conselho, ou de parar e dizer “oi, eu sei muito bem o que é isso”. Foram socos atrás de socos no estômago, quase um nocaute.

No final da história, não um final feliz ou uma tragédia grega, mas uma conclusão, um amadurecimento e, principalmente, um incentivo.

A peça é ótima e trata com uma sensibilidade indescritível, de todos os sentimentos humanos.

Maíra Viana conseguiu o que poucas coisas e pessoas conseguiram de mim; eu cheguei muito perto de chorar. E, pra quem me conhece de perto, sabe muito bem que pra eu chorar assim; precisa acontecer um milagre.

4 Responses to “E os sinos, eles tocam.”

  1. Maira Viana Says:

    Obrigada por traduzir o meu trabalho em palavras e sentimentos seus!! Comentários como este me dão cada vez mais força para investir na minha obra!! Um beijo!!

  2. Rodrigo Says:

    um sino tocando, é forte o seu toque, bonito mas ensurdecedor.
    queria ter assistido.

  3. Greice Says:

    Eu também queria ter assitido. Hunf.. =/

  4. Britney Buehl Says:

    this is totally remarkable, i was searching for just this info. thanks for this, i seriously hope to see far more from you

Leave a Reply