Turn off

Todas as janelas e portas foram abertas. O sol e aquele azul infinito invadiram cada cantinho daquele espaço que não costumava mais ver a luz do dia. Estava tudo vidado pra brisa não entrar. O sol e o azul tomaram conta de cada espacinho daquele pequeno mundo, cheio de vidas, histórias e lembranças. Qualquer um agora, entrava e saia. A porta ficava aberta durante horas, todos passavam, olhavam e seguiam. Naquele pequeno espaço e de tantas vidas, havia sol, azul, pessoas, olhares, mas faltava ali o principal; Ela. E ela agora estava em um mundo bem maior do quele mundo vedado dela. Agora ela estava nesse mundão de Deus, brincando com o sol, se perdendo no infinito do azul e se aconselhando com a Lua. Ela estava neste instante enfrentando temores, exercitando Paz-Ciência e todos os seus sorrisos falsos ou não. E ao redor dela não há brisa, não há cabelos esvoaçados e nem aquele sopro suave no coração. O que há agora é uma música forte, em tudo, que não pára de tocar em seus ouvidos. E agora ela atravessa o mundo todo, vive, brinca, sorri, ouve conselhos, e tenta insistentemente encontrar o botão de off que possa desligar aquela música que toca sem dar trégua.

3 Responses to “Turn off”

  1. Li Konishi Says:

    Coincidencia ou nao, tava agora aqui pensando numa coisa… Tô aqui trancada no meu quarto escuro, sozinha… Uma solidao do tamanho do mundo me acompanha, e só ela… Ai tava aqui pensando em como tudo em mim só existe dentro de mim, em como não há nada lá fora… Ai me disseram que é porque eu me afasto, me tranco nesse meu mundinho e fico…. Ai acho que cheguei a conclusao que nao sei onde ficam as portas e janelas, pra sair, ou pra deixar o sol e o azul do céu entrar e iluminar tudo… Tô aqui nesse meu pequeno mundo, fechado, cheio de vidas, historias e lembranças… Ninguem entra, ninguem sai… E o que entra e sai permanece, mas permanece dentro de mim… Tbm quero sair, brincar com o sol. me perder no infinito do azul, me aconselhar com a lua que hoje está cheia, exercitar sorrisos, falsos ou nao…’

    E eu tbm queria um botao off… pra dar uma trégua, só de vez em quando…

    Enfim, afinal, onde fica a porta e as janelas?!

  2. Rodrigo Says:

    Esse texto seu me lembrou a nova música do Paramore, Brick by boring brick. tem bem a ver contigo.

  3. Greice Says:

    Ficou lindo e me fez pensar em coisas além dele….

Leave a Reply