A velha novidade…

Tem coisas nessa vida que não tem mesmo uma explicação. Não dá simplesmente para você descrever motivos, fazer uma análise completa sobre assunto. Dizem que o amor é uma delas. Não dá pra dizer por que, nem como, nem onde. É e ponto final. E eu não vim falar do amor, pode relxar que não vai escorrer mel e poesia nessa página.

As pessoas não cansam de se surpreender e me perguntar “Mas Sãopaulina porque, oras?!”, e eu já sou São Paulina faz tanto tempo! E não tem um porque! Na verdade, nem sei muito de futebol, não sei bem dos jogadores, e luto pra acompanhar as tabelas de classificação. Mas gosto do São Paulo, de graça, assim sem explicação nenhuma!!

Eu nasci e vivo até hoje a poucas quadras da Vila Belmiro, me criei vendo aquela luz na esquina clarear o bairro em noites de futebol. Meu irmão é Santos, minha mãe, meu avô materno, meu padrinho, meu tio, primos, e meu pai é o único Corinthiano simpatizante do Santos que eu já vi! Mas eu nunca me apeguei ao time, sei lá… O coração não vai na boca, não vem um – “Vai, faz um gol porra!”, não rola, não ligo, não tem jeito!!

Meu pai é corinthiano, meus amigos, meu avô paterno, minha prima, boa parte da família e muita gente que eu amo muito é do Corinthians! Mas eu não sou! Eu já fui, confesso. Mas não deu! Como torcer pra um time se você torce contra? Não dá, não tem jeito! Tenho um carinho afetivo pelo time, devido a todos que eu gosto e que sofrem torcendo pra esse time. Mas tive que deixar a torcida ainda quando jovem, pra assumir minha paixão!

Eu sempre namorei o São Paulo de longe. Gostava, me interessava e torcia mesmo sem saber que aquela sensação era a de torcedora. Quando o time tava em campo eu parava pra ver o placar, me interessava saber se tava ganhando. Mas menina retardada e desligada em futebol, quase nunca ligou pra isso. Seguia a vida em frente e deixava o time do coração pra lá.

Até que fui crescendo e entendendo que futebol é como música! Você gosta daquela que te chama atenção, que te toca, te inspira, interessa, que te move! E eu vi que, eu podia assumir meu amor platonico pelo São Paulo sem receio, sem vergonha nenhuma! É meu time, é por ele que eu paro pra ver um jogo (quando paro) e é ele quem me faz sentir alguma sensação diferente!

– Oi! Sou São Paulina, e você?

E assim se deu a coisa. Já faz muito tempo que eu sou tricolor, e não entendo realmente o choque de uma galerê aí… rs! Não torço por causa de ninguém, apesar de conhecer muita gente amada que torce pro São Paulo. Não vou e nem quero enumerar motivos e fazer declarações mil pra te provar que e porque o São Paulo é o melhor time!! Ele prova por si só, sem precisar de mim para defendê-lo!

Sou tricolor com muito orgulho sim!!!! Se tiver alguma dúvida, por favor fique a vontade.

11 Responses to “A velha novidade…”

  1. Li Konishi Says:

    – Oi! Sou São Paulina, e você? [2]

    Assim como o amor por outrem, amar o tricolor não tem explicacao…

    É por isso qe cada dia mais amo essa menina!! Até falando do SP ela me emociona. rsrs ^^

    Beijos

  2. jediroma Says:

    é.. não dá pra explicar nem entender mesmo….. ¬¬
    eu sou e serei SANTOS sempre SANTOS!!!!!!!!

  3. juliana Says:

    iza! eu amo vc mesmo sendo são paulina…times, times, amor nosso a parte…! ok! pode usar aquela camiseta “linda” que você estava outro dia…pode usar, pode usar…mas nunca…eu disse NUNCA…passarás com sua possante sobre o manto sagrado…amo vc. choo.

  4. Logan Says:

    não sou saopaulino, nem nda… nã torço, não acompanho… então, nem adianta tentar discutir futebol comigo… =p

  5. Rodrigo Says:

    lembrei de uma conversa do seu pai com algum outro pai, em 2001, quando nos conhecemos, dizendo assim “a Izabela era corintiana, mas ae por causa do Junior virou são paulina” HUAHUAHU

  6. Rodrigo Says:

    e curti o comentário acima do meu.
    se me perguntam “qual seu time?” eu digo que é o SP, mas não porque eu realmente torça, e sim porque já torci um dia, já acompanhei jogos há uns bons anos atrás, e confesso que era até divertido e tinha muita vontade de ir a um estádio assistir. hoje em dia, nada me significa. só digo que é SP quando me perguntam, pra que não fiquem insistindo no “mas por que não gosta de futebol?”. vai cagar!

  7. Ellen Says:

    – Oi! Sou São Paulina, e você? [3]

    Pra falar a verdade não gosto de futebol, nunca tive paciência de assistir um jogo até o final, mas qdo me perguntam pra que time eu torço, sempre respondi que era pelo SPFC…assim sem nenhuma razão…vai entender, mas só sei que sempre fico FELIZ qdo eles ganham uma partida!

  8. Greice Says:

    Ah Belinha, eu SOU CORINTHIANS! Rsrsrsrs….

  9. Patricia Lane L de Freitas Says:

    Pois é prima eu tbm sou corinthiana rsrs…sofredora.Mais torcendo pra ele lembro do meu tio Tino e vó Pedro!!!
    Só nos restou saudades e boas lembranças né!!!
    Amo muito vc viu…s2…

  10. Patricia Lane L de Freitas Says:

    Ui digo vô Pedro rsrsrs…que feio!!!

  11. Portable BLu Ray Players Says:

    I prefer this amazing site a lot, Its a new rattling wonderful place to go through as well as get info. “What can be a board A gaggle of your reluctant, selected from the not fit, to complete the unwanted.” through Rich Harkness.

Leave a Reply