A Verdade Nua e Crua

Não ando indo muito em cinema, mas sempre que rola uma oportunidade eu procuro ir pra não perder o hábito. Aliás, aviso aos navegantes; eu tenho dormido menos nos filmes! Juro! J

Assisti o filme “A verdade Nua e Crua”. Típico filme de mulherzinha que está afim de sair com as amigas, comer petit gateau e depois assistir um filme que fale de romance mas a deixe sair do cinema se sentindo uma grande mulher. A verdade nua e crua não faz exatamente isso, mas no final das contas o resultado é o mesmo.

No filme, Gerard James Butler faz um apresentador machão que fala todas as verdades sobre a visão do homem em um relacionamento ou sobre o comportamento das mulheres. E Katherine Heigl faz uma Produtora de TV que fica perplexa e revoltada com o programa do Mike Chadway (Gerard James Butler ).

Como já é previsível, eles acabam tendo que trabalhar juntos e rola aquela insatisfação até que Mike combina com a Abby (Katherine Heigl) que se ele conseguir através das dicas fazer com que ela conquiste o médico que ela está afim, ele pediria demissão da emissora e sumiria da vida dela. Trato feito e começa o filme.

Mike dá dicas valiosas sobre a opinião dos homens em um relacionamento e vai dando dicas de como a mulher deve se comportar para deixar o cara correndo atras. Entre as dicas, está a de não transar na primeira noite, o estilo de roupa a usar, o jeito de se comportar e a dica de deixar o cabelo grande para que o homem possa fantasiar o sexo com puxões de cabelo e tudo mais.

Muitas dicas são bem óbvias, mas é uma típica comédia romantica que deixa a mulher mais segura e no fim das contas mostra que não existe uma receita exata pra um relacionamento dar certo. As dicas funcionam, mas Mike se apaixona por Abby mesmo sabendo exatamente como ela é e todas as suas inseguranças, e Abby conquista o médico mas acaba se apaixonando pelo Mike e decide ficar com ele; mesmo que as turras.

Eu sou assídua de comédia romantica, mesmo não sendo nada romantica e não querendo nem acreditando e principes encatados e amores mágicos. Mas eu gosto de ir ao cinema pra abstrair, não pensar em nada e sair de lá em clima de diversão. E, “A Verdade Nua e Crua” oferece exatamente isso.

E morram, mas eu não assisti por causa do Gerard James Butler e nem acho o cara tão bonito assim, óbvio.

No mais, o filme merece 7,0.

7 Responses to “A Verdade Nua e Crua”

  1. Li Konishi Says:

    Meu Deus.. To completamente desatualizada do cinema…

    Precisando voltar à frequentar as salas de cinema!! ^^

    Quero ver este e o outro que vc assistiu!!

    bjs

  2. Rodrigo Says:

    “A verdade nua” que tem a Alison Lohman (L) como protagonista tem quase o mesmo nome e nem um pouquinho do sucesso que esse ae teve. uma pena!

  3. maely Says:

    olha, o gerald é gato. ô aqui em casa….

  4. LeAnDrO Says:

    Curiosamente eu ri mais desse filme do que do:”se beber, não case”. Mas achei mais engraçado o “se beber, não case” do que “a verdade nua e crua”.

  5. jediroma Says:

    haha, curti o post.

    deu saudade de cinema, pipoca, shopping, mcdonalds e conversas com as amigas… *minininha dodoi*

  6. Leticia Says:

    me senti mulherzinha… na essência…
    pelo petti gateau, claro

    um tanto assim, mergulhando sem touca nesse ciber espaço

  7. projektowanie aplikacji Says:

    As I web site possessor I believe the articles here is quite amazing, regards for your efforts.

Leave a Reply