ViVENDO a vida

Não costumo assistir novela das 20h (ou seria das 21h?), principalmente quando é da Gloria Peres ou do Manoel Carlos. Acho meio surreal para mais da metade da população, principalmente pra mim. É muito dinheiro no lance, e só se fala dos bairros nobres do Rio de Janeiro. Enfim!

Mas desde que a Luciana (Alinne Morais) sofreu o acidente e ficou tetraplegica, eu passei a assistir a Novela “Viver a Vida“, do Manoel Carlos. Quero ver qual a abordagem do Maneco pra esse tema, quero ver a atuação da Alinne Morais e ver se estão mostrando mesmo a realidade de um cadeirante. Apesar de não saber como é ficar tetraplegica do dia pra noite, eu sei o que é ser tetraplégica desde o nascimento, e tem muita coisa que estão sendo mostradas e que me identifico.

Achei interessante demais o lance do banho, é mesmo um grande ritual e muitas vezes desanima de sair, só de saber que tem que passar pelo ritual do banho. Um saco! E olha que a Luciana nem tem escaras, não troca nenhum curativo! A cada banho, atualmente eu troco 14 curativos! Isso é o que é o mais difícil, porque o banho pelo banho até que eu estou sossegada.

Outra coisa muito bem abordada é a relação das pessoas com a Luciana. Engraçado que identifico cada amigo meu em cada amigo da Luciana. As diferentes atitudes, as reações, é tudo tão parecido, muito engraçado! A sutileza de que isso está sendo colocado, e a forma de como tenho identificado com a minha vida! Coisas que eu vivia sem reparar muito, e a novela me fez prestar uma puta de uma atenção. Muito bom!

Estou gostando demais do triangulo amoroso. Estou achando sensacional o jeito do Miguel (Mateus Solano) e do Jorge (Mateus Solano). Cara, eu tô viajando demais nesse triângulo!!! Primeiro porque eu já encontrei homem que teve reações iguais a do Jorge; que trava e fica sem jeito, sem reação de como agir frente a esse “problema”. Não é por mal não, o Jorge não é um sujeito ruim. O que acontece é que tem gente que é mesmo insegura, e mesmo com todo o carinho do mundo, não consegue perder o medo de cometer algum erro, de fazer e principalmente de falar alguma coisa errada. São pessoas céticas, que os olhos enchergam exatamente aquilo que está na sua frente. E tem pessoas mais seguras e mais sensíveis. São as pessoas que enchergam além do que se vê, gente que vê de dentro pra for a e não de for a pra dentro! É ótimo isso, eu consigo entender toda a coisa que envolve esse triangulo, é muito interessante!

Obviamente (quem me segue no twitter sabe muito bem disso!) que eu estou encantada pelo Miguel. Quem me conhece sabe que, independente de ser o relacionamento que todo mundo sonha, eu sempre gostei de ter esse tipo de relação com os caras que me interesso, ou com amigos mesmo. Aquela coisa tranquila, sem muita melação, e cheio de provocações e xingamentos ou piadinhas. Bem melhor do que babação, é viver nessa guerrinha de farpas carinhosa! E eu estou louca em busca de um Miguel na minha vida, mas descobri que tenho vários pedaços de Miguelitos espalhados entre meus amigos. Tenho um que me incentiva e não me permite fazer corpo mole, que é o mesmo que se orgulha e torce! Tenho aquele mais bagunceiro, mais engraçado, mais doido e despojado… Enfim!!! E, acredite, eu tenho alguém que me lembra muito o Jorge!!!! Rsrsrsrsrs… A única diferença, é que nenhum eu tenho relacionamento amoroso de homem e mulher, e ainda não sairam na porrada por mim!!! Bom, eu também não sou nenhuma Alinne Morais e nem moro no Leblon… Então, né?! Abafa!!!

Algumas coisas são meio surreais; como a rapidez que ela está progredindo, mas é perdoado porque trata-se de uma novela e a novela tem que andar e coisa e tal! Normal. Só não vou aceitar se a Luciana voltar andar!!! É muito raro ver casos como esses terem cura assim. Espero que a Luciana termine cadeirante, seguindo a vida e que a messagem seja justamente essa, de que dá pra ser feliz assim e que essas fatalidades podem acontecer na vida de qualquer um.

Acho que poderiam dar um pouco mais de enfase na arquitetura, na acessibilidade. Poderiam mostrar que as calçadas com ladrilho balançam demais e tiram o deficiente da posição na cadeira. Escorrega, sabe?! Também pode mostrar as guias rebaixadas, as rampas, os lugares públicos com e sem acessibilidade. Por um lado, eu estava torcendo pra Luciana ficar com o Jorge; fazê-lo perder essa insegurança toda e quem sabe estimular o cara defender a causa da Arquitetura Acessível, já que ele é arquiteto e teria contato direto com a esposa cadeirante.

No mais é isso aí!

.

.

Ah! Indico o blog da @acessibilidade que tem coisas interessantes sobre arquitetura acessível : http://thaisfrota.wordpress.com/

7 Responses to “ViVENDO a vida”

  1. Patty Says:

    flor..eu nao sigo a novela entao nao sei mto bem como ta a coisa, mas eu convivi, convivo e conviverei muito com vc e sei como vc!
    nao tem nem o que dizer, vc eh THE BEST!!!!

    amote demais!

  2. maely Says:

    ah, mas passou no fantastico uma moça q sofreu um acidente (acho q queda de cavalo) e ficou tetra e depois de muito tempo conseguiu voltar a andar. acho q uns dez anos. mas é muito raro mesmo. e sobre as pessoas q envolvem o problema da Luciana, acho q o destaque é a mãe dela. embora pareça o contrário, nem toda mãe tem essa força pra lidar com uma situação dessas.

  3. Clarissa Says:

    Eu concordo plena e absolutamente com tudo que vc disse!!!
    Sim pq eu também sei como é a vida do portador de deficiência física e tenho acompanhado a novela pelo mesmo motivo (inclusive pelo motivo Miguel…rs)!!!
    Sabe, estivem BH recentemente e para percorrer longas distâncias utilizei cadeira de rodas…
    Descobri que lojas como Americanas e livraria Leitura ignoram completamente qualquer necessidade do cadeirante ou qualquer portador de deficiência motora. Eu AMO visitar essas lojas qdo estou com muletas mas agora reparei em qto os corredores de produtos são apertados, impossíveis de transitar com cadeiras, além disso as mercadorias ficam dispostas pelo chão, impossível para muletas tb, sem contar o fato de eles sempre colocaram uma plaquinha de “Em Manutenção” na porta dos elevadores, se desobrigando da responsabilidade de manterem funcionando aquele que é nosso único meio de ter acesso aos andares superiores das lojas!!!
    Isso também acontece com cinemas de shoppings, fui em vários e apenas 1 possuía elevador funcionando!!!
    Não vou adentrar no mérito das pessoas nos julgando ou aprendendo a conviver conosco, pq isso realmente nós sabemos como funciona… tem medo de abraçar, medo de nos machucar fisicamente, olham para lugares errados nas horas erradas… principalmente crianças, pq não tem mta noção de vergonha!!!
    Todos vemos nossos caminhos se cruzarem com pessoas como Isabel, que não entende que existe a felicidade independente da situação física, mas essa é a vida, não é mesmo? Se entrarmos em depressão pelo simples fato de sermos encarados, questionados, afastados… aaaaah, que desperdício de vida!!!
    Eu não perco meu tempo!!!rs
    A vida já é difícil pra todo mundo, imagina pra gente???
    Pelo menos agora me acho bem mais na moda, “descolada”… afinal, me sinto parte da trama da novela, quase uma “personagem de apoio” toda vez que apareço em público!!!
    Se desperto vergonha, mto bom, ótimo!!! Quem sabe agora, quando o problema invade a casa das pessoas em horário nobre e causa desconforto estomacal, mta gente muda sua forma de pensar e agir???
    Espero mesmo que a novela explore cada vez mais o tema!!!
    Acessibilidade, preconceito, esportes, lazer, SEXO, amizades, amores, IGUALDADE!!!
    Admito que está sendo mto divertido ver nossa vida assim exposta!!!
    Me sinto uma BBB!!! rs

  4. Greice Says:

    Posso passar pra não falar nada? Posso? Rsrsrs… Na verdade eu não assisto essa novela!

  5. Tuca Monteiro Says:

    Olá Clarissa…

    Adorei sua postagem! Ou melhor seu blog…

    Deixo aqui um convite: temos um blog, o INCLUA-SE, que aborda as questões relacionadas ao universo da pessoa com deficiência e mobilidade reduzida. Há um tópico Histórias de Vidas, um cantinho para o leitor expor suas vivências, contar um pouquinho de si e de como enxerga a questão. Adoraríamos tê-la no blog!

    Beijinhos

    Tuca Monteiro.

  6. Tuca Monteiro Says:

    Ops desculpa…

    chamei a Iza de Clarissa…

  7. Silvia Odete Morani Massad Says:

    Good post. I learn something totally new and challenging on blogs I stumbleupon every day.
    It’s always useful to read articles from other writers and practice a little something from
    other websites.

Leave a Reply