Rosa vermelha-intensa

No meu jardim havia um caule cheio de espinhos, todo verde

Um caule espinhoso no meio de um jardim de cores.

Olhava-te de longe, nunca ousei tocá-lo

Tinha medo da força daqueles espinhos pontiagudos

Um uma bela noite de forte sereno, tornou-se flor

Flor vermelha intensa, forte e vibrante

Diante de tamanha majestade, ousei dedilhar tais pétalas encharcadas de sereno

Senti na ponta dos dedos a suavidade de sua textura

Eram saias, muitas delas, em círculos

No centro, quase escondido, havia um coração

Coração que vertia mel; pra poucos

Abelhas e zangões bebericavam seu suave mel

Dera eu ser borboleta pra dançar-te o balé mais bonito que já se viu

És rosa vermelha-intensa no meu jardim de cores

Rego-te de carinho meu

6 Responses to “Rosa vermelha-intensa”

  1. Gabi Veiga Says:

    minha querida…
    mais uma vez te agradeçco e te digo que me sinto “vista” por você!
    não sei como, mas você me vê de uma forma sincera e linda demais…
    me toca demais!

    muitos beijos e…

    “rego-te de meu carinho” também! sempre!

  2. Marcele Says:

    Amei, arrasou como sempre.
    Qdo eu crescer quero escrever assim q nem vc.
    Amo vc.

  3. Dario Says:

    É lindo como a dança flamenca. O texto tem uma sensualidade elegante. Lindo. (=

  4. Jeh trott Says:

    Lindo!

  5. Bru Says:

    olha… você sempre tem o dom de me surpreender.
    que texto maravilhoso.

  6. ypnakauqpybs Says:

    wgyktwcvxlst

Leave a Reply