Rosa vermelha-intensa

No meu jardim havia um caule cheio de espinhos, todo verde

Um caule espinhoso no meio de um jardim de cores.

Olhava-te de longe, nunca ousei tocá-lo

Tinha medo da força daqueles espinhos pontiagudos

Um uma bela noite de forte sereno, tornou-se flor

Flor vermelha intensa, forte e vibrante

Diante de tamanha majestade, ousei dedilhar tais pétalas encharcadas de sereno

Senti na ponta dos dedos a suavidade de sua textura

Eram saias, muitas delas, em círculos

No centro, quase escondido, havia um coração

Coração que vertia mel; pra poucos

Abelhas e zangões bebericavam seu suave mel

Dera eu ser borboleta pra dançar-te o balé mais bonito que já se viu

És rosa vermelha-intensa no meu jardim de cores

Rego-te de carinho meu

7 Responses to “Rosa vermelha-intensa”

  1. Gabi Veiga Says:

    minha querida…
    mais uma vez te agradeçco e te digo que me sinto “vista” por você!
    não sei como, mas você me vê de uma forma sincera e linda demais…
    me toca demais!

    muitos beijos e…

    “rego-te de meu carinho” também! sempre!

  2. Marcele Says:

    Amei, arrasou como sempre.
    Qdo eu crescer quero escrever assim q nem vc.
    Amo vc.

  3. Dario Says:

    É lindo como a dança flamenca. O texto tem uma sensualidade elegante. Lindo. (=

  4. Jeh trott Says:

    Lindo!

  5. Bru Says:

    olha… você sempre tem o dom de me surpreender.
    que texto maravilhoso.

  6. ypnakauqpybs Says:

    wgyktwcvxlst

  7. Silvia Odete Morani Massad Says:

    What i do not understood is in fact how you’re not really much
    more neatly-appreciated than you may be now. You are so intelligent.
    You realize thus considerably in the case of this topic, produced me for my part believe it from numerous numerous angles.

    Its like men and women don’t seem to be interested except it
    is something to accomplish with Lady gaga! Your own stuffs outstanding.
    At all times handle it up!

Leave a Reply